Site corporativo: O que é e como fazer

criacao de sites corporativos
SUMÁRIO

Introdução

O site corporativo representa o cartão de visitas primordial de uma instituição. Em muitos casos, ele supera em visitas e popularidade até mesmo o endereço físico da empresa. Na atualidade, o site assume a posição de principal canal de exposição de um negócio, sendo o primeiro ponto de contato com o mercado.

Um site corporativo, ou também site institucional, é um site que apresenta uma empresa, uma instituição ou uma organização a todos os seus públicos e não apenas aos seus clientes ou usuários.

O site corporativo vai além de uma vitrine virtual, pois compartilha informações e conteúdos pertinentes ao site.

Num passado não muito distante, criar um site era praticamente uma saga, custosa e demorada, reservada principalmente para empresas com alto investimento.

No entanto, graças à inovação tecnológica, hoje em dia, até mesmo pessoas comuns podem se aventurar na construção de seus próprios sites.

Claro, essa liberdade é interessante, mas a verdade é que o caminho é meio espinhoso, demorado, e o resultado pode não ser lá muito profissional.

Atualmente, criar um site corporativo tem valores mais acessíveis, especialmente quando você confia a missão a quem realmente entende do assunto. Então, muitas vezes a melhor opção é contratar profissionais.

De acordo com uma pesquisa recente, 9 em cada 10 brasileiros pesquisam na internet antes de comprar algo.

É uma equação simples: se você não tem um site de negócios, está perdendo oportunidades de vendas.

Neste artigo, vamos debater sobre a estrutura de um site corporativo e tudo que envolve essa jornada. Continue lendo!

O que é um site corporativo?

Um site corporativo é como a identidade digital de uma empresa na web. Nele, encontramos informações sobre o que a empresa faz, seus contatos, serviços ou catálogos de produtos e formulários de contato. É desenvolvido para ser direcionado a diversos públicos, como parceiros de negócios, clientes e imprensa.

Existem diversos tipos de site, sendo os mais comuns o site institucional, o  e-commerce, o site de portfólio e o site portal/blog corporativo.

Funções de um site corporativo

Um site corporativo funciona como uma plataforma externa, oferecendo uma variedade de funções e informações específicas. Todas as informações nele contidas têm propósitos claros.

Atrair novos clientes

O site atua como uma plataforma publicitária voltada para atrair novos clientes. Ele fornece respostas abrangentes para as dúvidas do público, direcionando de forma eficaz quem está em busca de informações específicas.

Atrair novos parceiros

Manter um fluxo constante de novos parceiros de negócios é vital para o desenvolvimento contínuo da empresa. No site, podem ser apresentadas ofertas de investimento e programas para revendedores.

Recrutar novos funcionários

A criação de um site corporativo também visa recrutar talentos. Nele, são divulgadas informações sobre oportunidades de carreira, condições de trabalho, horários e benefícios sociais.

 

Qual é o objetivo de um site corporativo?

Na era das redes sociais, um site continua sendo a casa de uma empresa na internet. Um site corporativo é o primeiro lugar onde os clientes em potencial vão para conhecer melhor sobre a sua marca, seus produtos e serviços.

Por que você precisa de um site corporativo se não vende online?

O objetivo de um site corporativo é apresentar uma empresa, divulgar informações e conteúdos e mostrar quem são as pessoas por trás dela. Contribui direta ou indiretamente para a legitimidade do negócio. O objetivo principal é construir reputação, apoiar e promover toda a empresa, marca, instituição educacional ou organização com sua missão e valores, serviços e/ou produtos que oferece.

Vantagens de um site corporativo

criacao de sites corporativos

A primeira coisa que você precisa saber sobre a criação de sites corporativos é que eles promovem diversas vantagens. Saiba quais são algumas delas a seguir. 

Torna a publicidade mais atraente 

O primeiro benefício do site é que ele torna a publicidade mais atraente. Uma empresa com um site está aberta a se conectar com uma quantidade maior de pessoas. 

O outro benefício do site é redirecionar os usuários para uma página, criando uma maneira de se conectar com os clientes de uma maneira melhor. Você pode usar os serviços de marketing digital para conectar seu site com seus potenciais compradores. 

Custo-benefício

O próximo benefício do site é que ele é econômico. Iniciar um negócio requer capital e promovê-lo em maior escala exige mais dinheiro. Porém, se você investir em um site de qualidade, poderá tornar sua presença mais viral e relevante em um orçamento limitado. 

Muitas plataformas suportam o desenvolvimento de sites rápido e econômico. O desenvolvimento de código aberto tornou muito mais fácil ter um site que fala pelo seu negócio.

Credibilidade empresarial

A terceira vantagem de ter um site é a credibilidade que gera para o negócio. Conectar-se com os clientes e fidelizá-los é uma tarefa complicada. Mas, com um site, fica mais fácil criar essa conexão. 

Afinal, o consumidor confia mais em empresas, produtos e serviços que tenham uma presença online ativa.

Fácil de configurar

O próximo benefício de ter um site é a facilidade de configuração. Em outras palavras, ter um site não é mais uma tarefa complicada. 

Existem muitos construtores de sites, além de provedores de serviços de desenvolvimento web, que podem ser utilizados para a criação de páginas a um custo acessível. 

Acesso fácil a novos clientes

A próxima razão para ter um site de negócios é que ele facilita o acesso a novos clientes. Com impressionante presença de mídia social e esforços de marketing offline, pode-se facilmente trazer o cliente em potencial para o site e explicar a eles sobre os serviços e produtos de uma maneira melhor. 

Essa é uma das melhores vantagens de ter um site. Encontrar um novo consumidor é demorado e caro, mas, com um site, fica mais fácil se conectar com os clientes atuais e potenciais.

Disponibilidade 7 dias da semana, durante 24 horas

O próximo benefício de ter um site é que sua empresa está sempre aberta para atender aos clientes. Sua loja física – caso tenha uma – está vinculada a um limite de tempo e não é possível deixá-la disponível o tempo todo para os consumidores. 

No entanto, um site se mantém ativo 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias e o usuário pode encontrar as informações e detalhes necessários sobre um produto, serviço ou entrar em contato quando quiser. 

Para tornar isso possível, você precisa de um bom serviço de hospedagem. Isso é importante porque é a hospedagem de site que manterá as páginas online. Ou seja, uma boa hospedagem web é necessária para que o site permaneça online. 

Melhor ferramenta de marketing

O próximo benefício de ter um site é que ele pode ser usado como uma ferramenta de marketing. Um site pode ser a fonte para encontrar informações sobre a empresa, suas políticas, produtos, programas futuros e muito mais.

Dito isso, atualize o site de tempos em tempos e mantenha os usuários informados sobre as últimas alterações.

Passo a passo para criar o seu site corporativo

criacao de sites corporativos

Aqui está um passo a passo que pode te ajudar a criar o seu site corporativo e atrair mais clientes. 

1. Decida sobre o propósito do seu site

Deseja apresentar coleções de suas obras de arte, vender seus produtos ou simplesmente exibir suas informações de contato? Seja qual for o propósito escolhido para o seu site, você deve demonstrar claramente em sua página inicial o que ele está tentando fazer. 

Definir um objetivo claro ajudará os visitantes a entender sobre o que é o seu site. Também construirá uma base sólida para uma experiência positiva do usuário (UX). 

Por quê? Porque quanto menos tempo seus visitantes passarem rolando e clicando para obter respostas, melhor. 

2. Escolha um nome de domínio

Escolher o endereço de site ou nome de domínio correto é quase tão importante quanto decidir o nome da sua empresa. Geralmente é a primeira coisa que os usuários veem sobre o seu negócio, então faça valer a pena.

O ideal é que seu nome de domínio seja apenas o nome da sua empresa. Porém, se você decidir usar algo diferente, apenas certifique-se de que reflita com precisão o objetivo do seu negócio e ofereça uma boa primeira impressão aos usuários. 

Abaixo estão algumas dicas sobre como escolher um domínio:

  • Mantenha-o curto: domínios curtos e agradáveis ​​são mais fáceis de serem lembrados;
  • Verifique o preço: use registradores de domínio para verificar o preço do seu domínio;
  • Use “.com.br”‘: é a extensão de nome de domínio mais respeitável e estabelecida;
  • Pesquise o nome de domínio: use sites como Registro.br para descobrir se o nome de domínio desejado está sendo usado ou contém marcas registradas.

Para registrar seu domínio, você precisará visitar um registrador de domínios, como o próprio Registro.com, ou hospedagens de sites, como o GoDaddy, Bluehost, entre outros. 

3. Escolha uma hospedagem de site

Os hosts da Web (hospedagens de site) fornecem um espaço digital para que seu site seja visualizado na internet. Sem um host, seu site não será executado. 

Algumas das opções de hospedagem de site são HostGator e Bluehost, mas existem muitas outras opções disponíveis no mercado. 

Entenda a seguir quais são os principais tipos de serviços de hospedagem web. 

Hospedagem Compartilhada

Usar esse tipo de hospedagem significa que você compartilhará os servidores e recursos de hospedagem na web com outros sites. É restritivo e oferece pouco espaço para crescimento. Por esse motivo, não recomendamos hospedagem compartilhada.

VPS (Virtual Private Server) – Nossa recomendação

A hospedagem VPS significa que o servidor é “dividido” com muito menos usuários do que acontece com a hospedagem compartilhada.

Essa liberdade concede ao seu site acesso a uma maior alocação de recursos – como espaço em disco, memória e largura de banda – que podem ajudar seu site a funcionar com mais eficiência.

O VPS é adequado para sites que desejam crescer rapidamente, mas ainda não exigem os recursos (ou taxas caras) que vêm com a hospedagem dedicada.

Hospedagem Dedicada

Adequado apenas para sites de alto desempenho, a hospedagem dedicada custa mais que as outras opções citadas. 

Ter seu próprio servidor, permitindo que sua empresa funcione com capacidade total online. O preço normalmente é muito alto para pequenas empresas, por isso recomendamos que você busque hospedagem dedicada mais adiante.

4. Crie suas páginas

criacao de sites corporativos

O design do site para pequenas empresas tem tudo a ver com manter as coisas simples. 

Não queremos dizer simples ou chatos, mas sim simples em termos de ajudar o usuário a navegar em seu site e realizar as ações desejadas com a maior facilidade possível. Ou seja, não tente reinventar a roda com um site que corre o risco de ser confuso ou caótico.

Em termos de páginas, o site da sua empresa deve incluir, pelo menos: 

  • Página inicial;
  • Página de contato;
  • Sobre nós página.

Você também deve considerar adicionar um blog (discutiremos os benefícios mais adiante) e uma página de produtos se quiser vender online. Abaixo, temos algumas dicas para a criação de cada tipo de página. 

Sua página inicial

Como mencionamos anteriormente, sua página inicial deve explicar claramente como sua empresa funciona e o que seu site está lá para fazer. Em termos de design, menos é mais. Usar um design minimalista e muito espaço em branco ajudará o usuário a ir de A a Z sem cliques desnecessários.

Por exemplo, se você estiver criando um site para seu serviço de assinatura de entrega de grãos de café, considere adicionar uma descrição concisa de seu serviço. Além disso, inclua botões de chamada para ação (CTA) atraentes, como “Inscrever-se” ou “Solicite um Orçamento”, por exemplo.

70% dos sites de pequenas empresas não possuem um botão de CTA em sua página inicial, o que significa que eles podem estar perdendo muitas vendas ou inscrições. Nosso conselho? Faça parte dos 30% que são astutos e que estão usando botões de CTA.

Além disso, os visitantes do site adoram vídeos. Inclusive, estudos mostram que os usuários gastam 88% mais tempo em páginas com vídeos. 

É muito importante que sua página inicial impressione os visitantes. Caso contrário, você provavelmente verá sua taxa de rejeição aumentar e seus lucros caírem. Se você não tem as habilidades para criar uma página inicial com tudo o que deseja, considere contratar um especialista para criar uma que os visitantes vão adorar.

Sua página de contato

Novamente, mantenha-o simples. A página de contato é onde você provavelmente transformará os visitantes do site em clientes. Então, você não deseja adicionar nenhum obstáculo desnecessário (ou seja, tornar suas informações de contato difíceis de encontrar) para que ocorra a conversão. 

Sua página de contato deve incluir:

  • Telefone;
  • Endereço de e-mail;
  • Endereço físico (idealmente com um mapa integrado mostrando sua localização).

Sua página “Sobre nós”

Escrever uma página “Sobre nós” ajudará a diferenciar seu site de negócios da concorrência. Esta página ajuda os usuários a entender você e as outras pessoas por trás do negócio, o que pode ajudá-los a escolher sua empresa ao invés de outra.

Sua página “Sobre nós” deve descrever:

  • Quem você é;
  • O que você faz;
  • Como você faz;
  • Onde tudo começou.

Seu blog

Se você nomear sua página de blog como “Notícias”, “Imprensa” ou “Artigos”, adicionar regularmente conteúdo de alta qualidade ao seu site agrega valor tanto para sua empresa quanto para os visitantes. 

Aqui estão as principais razões para considerar criar um blog para o seu negócio:

  • Direciona o tráfego para seu site: compartilhar conteúdo de alta qualidade online oferece aos usuários mais oportunidades de clicar diretamente no seu site.
  • Ótimo para SEO: blogar sobre tópicos relevantes que os usuários desejam ler pode ajudar a melhorar a posição de suas páginas da web nas SERPs (páginas de resultados de mecanismos de pesquisa).
  • Reforça seu marketing de mídia social: compartilhar postagens de blog nas mídias sociais é uma maneira eficaz de gerar um buzz em torno de sua marca e aumentar o tráfego do site.

 

5. Otimize para mecanismos de pesquisa

O SEO envolve a aplicação de muitas táticas diferentes para ajudar a melhorar a visibilidade do seu site online. Abaixo, estão os fatores de classificação mais fáceis de implementar, ajudando a melhorar a posição do seu site nas SERPs e trazer mais tráfego para você:

  • Use palavras-chave em seu conteúdo e URL: são palavras ou termos populares que os usuários estão pesquisando relacionados ao seu setor. Use ferramentas como Semrush para encontrar essas palavras e usá-las com moderação em seu conteúdo e em suas URLs (endereços de páginas da web) e meta títulos e descrições – os trechos de conteúdo, mostrados nas SERPs, que descrevem suas páginas da web.
  • Obtenha um certificado SSL: o Google classifica sites seguros acima de sites não seguros – a maioria dos provedores de hospedagem oferecem certificados SSL gratuitamente.
  • Crie páginas compatíveis com dispositivos móveis: é quando a página é reformatada para exibir claramente em dispositivos móveis – os web designers podem fazer isso facilmente para você.
  • Use links internos: mantenha os usuários em seu site e lendo seu conteúdo por meio de links para suas diferentes páginas da web em todo o site.
  • Compacte suas imagens: use ferramentas gratuitas como o TinyPNG para ajudar a melhorar a velocidade de carregamento da sua página (que é um fator de classificação do Google), mantendo suas imagens tão pequenas quanto possível.
  • “Reduza” seu código: remova qualquer código que não seja completamente necessário para melhorar suas velocidades de carregamento.

Não tem as habilidades de codificação? Não se preocupe, você não está sozinho. Você sempre pode pedir a um web designer para reduzir o código para você.

O SEO parece um passo longe demais para sua agenda lotada? Lembre-se, você sempre pode encontrar um profissional para lidar com tudo para você. Afinal, táticas de SEO bem-sucedidas podem ajudar no crescimento de empresas. 

 

6. Instale ferramentas de análise

criacao de sites corporativos

Mostramos a você como criar um site comercial. Agora é hora de explicar como você pode medir o desempenho do seu site. Isso ajudará a informar suas decisões ao fazer atualizações ou alterações nas suas páginas. 

Existem várias ferramentas que ajudam a analisar o tráfego e o desempenho geral do site, como o Google Analytics e o Search Console

Essas ferramentas permitem que você visualize coisas como:

  • Número de visualizações em cada página do seu site;
  • Tempo médio que os usuários passam no seu site;
  • Números de visitantes diários, semanais e mensais;
  • Links quebrados em seu site que precisam ser corrigidos;
  • As palavras-chave que levaram os usuários às páginas do seu site;
  • Taxa de rejeição – quando os usuários retornam ao mecanismo de pesquisa depois de visualizar apenas uma página em seu site.

7. Teste e publique

Antes de compartilhar seu site de negócios com o mundo online, você precisa ter certeza de que ele funciona sem problemas. Um site com mau funcionamento ou travado pode ser desastroso para a imagem da sua marca, por isso é vital que você faça diversos testes. 

Primeiro, verifique se o site carrega rapidamente em todos os principais navegadores, incluindo Chrome, Firefox, Safari e assim por diante. Durante essas verificações, certifique-se de que suas imagens e vídeos sejam carregados e que seu conteúdo seja formatado corretamente.

Se algo parecer errado, faça os ajustes necessários e coloque o site da sua empresa de volta na forma original antes de publicar.

8. Promova seu site

As coisas seriam muito fáceis se você pudesse publicar seu site, sentar e observar o tráfego em seu site. Na realidade, você precisa começar a comercializar seu site para atrair cliques e dinheiro. 

Você já aprendeu a promover seu site por meio de SEO usando palavras-chave, mas há muitas maneiras eficazes de reforçar seus esforços de marketing, incluindo postar nas mídias sociais e usar publicidade PPC (pagamento por clique).

Postar nas redes sociais

Mais da metade da população do planeta usa as mídias sociais. É assim que postar sobre seu novo site nessas mídias pode ajudar a trazer-lhe muito tráfego. 

Para todas as empresas, recomendamos que tenham conta de: 

Junto com suas postagens não promocionais, você deve sempre atualizar seus seguidores de mídia social sobre quaisquer alterações no site ou novas postagens no blog quando elas ocorrerem (com links para seu site, é claro). Você também deve incluir links para seus canais de mídia social em seu site. 

Use publicidade PPC

Um tipo de marketing de mecanismo de pesquisa (SEM), o PPC envolve o pagamento do Google Ads ou do Bing Ads cada vez que um usuário clica no seu link. Você dá o “lance” em determinadas palavras-chave ou frases para que seu site apareça quando os usuários pesquisarem esses termos.

Quanto mais você paga, mais alto nas SERPs seus links aparecerão. Portanto, se um usuário pesquisar por “professor de espanhol em sp”, por exemplo, seu site de serviço de aula de espanhol em São Paulo aparecerá mais alto do que a concorrência – se você der um lance mais alto para esse termo de pesquisa específico.

Pode ser que você pague pouco por clique, mas pode custar um pouco mais dependendo da popularidade das palavras-chave escolhidas, por exemplo, quando muitas outras empresas também desejam licitar essas palavras.

Você também pode usar o Google ou Bing Ads para garantir que seus links sejam exibidos apenas para determinados usuários. Isso é chamado de segmentação demográfica, na qual suas páginas da web aparecem apenas para usuários específicos com base em métricas como localização, idade e sexo. 

9. Análise e testes

Depois de publicar, você precisará manter seu site para garantir o sucesso a longo prazo. Você se lembra das ferramentas de análise que discutimos na Etapa 6?

Você deve verificar o Google Analytics e o Search Console pelo menos uma vez por mês para ver o desempenho do seu site e identificar onde ou como você pode fazer melhorias.

Também recomendamos instalar o Optimizely para executar testes A/B. É quando você desvia metade dos visitantes do seu site para uma página ou elemento de “teste” e metade para a página original.

Você pode ver qual versão do seu site obtém a reação mais positiva, julgando certas métricas, como cliques, conversões e tempo gasto na página.

Próximos passos

Este guia mostra como fazer a criação de sites corporativos, desde a decisão sobre o objetivo do site até a fase de análise e testes.

Fornecemos todas as informações e dicas necessárias para criar um site de negócios que se destaque online. Mas, como muitos proprietários de empresas, talvez você não tenha tempo, energia ou habilidades para criar seu site do zero. 

Se for esse o caso, você sempre pode contratar um especialista em web design para lidar com o trabalho técnico para você e criar um site profissional para destacar seu negócio na internet. 

Tenha em mente que você precisa criar um site que não somente represente a sua empresa, mas também conquiste e aproxime os visitantes da página. Assim, terá mais chances de obter mais clientes. 

 

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

Peça um Orçamento

Lucas Pelisari

Lucas é especialista em SEO na UpSites Já ajudou diversas empresas a subir no ranking do google e está sempre aperfeiçoando suas habilidades. É também entusiasta de marketing digital e sempre procura manter-se atualizado sobre o mundo digital.