Como analisar a performance do seu site e atrair mais clientes?

compartilhe esse post

Mesmo com as redes sociais a todo vapor, ter um site continua sendo fundamental para uma estratégia de marketing digital efetiva. Mas, ao contrário do que muita gente pensa, não basta apenas colocar um site no ar e deixar ele “estagnado” na web. Por isso, convidamos a Duda, plataforma de criação de sites em escala, para escrever sobre como analisar a performance do seu site

 

Para atrair mais clientes, seu site precisa passar por análises de performance e otimizações constantes. Pois é, os termos parecem complicados, mas a ideia é simples. 

 

Ao fazer análises periódicas da performance, você vai fazer um diagnóstico sobre o seu desempenho e identificar oportunidades de melhorias.

 

São essas melhorias que vão permitir que você ofereça uma experiência melhor para os seus usuários, ganhe posições no Google, atraia mais visitantes e aumente as conversões. Ou seja, vão ajudá-lo a ter um site que entregue os melhores resultados possíveis. 

 

Mas como fazer essa análise de performance do seu site? É isso que vamos abordar nesse artigo. 

 

O que é uma análise de performance de site

Analisar performance site

Aqui na Duda, nós acreditamos que o objetivo maior de qualquer site deve ser a conversão. 

 

Claro, existem outros objetivos importantes, mas no fim das contas o que praticamente todo mundo quer é ter um site que atraia leads e ajude a transformá-los em clientes. 

 

A análise de performance do site é o processo de auditoria que ajuda a identificar, acompanhar e corrigir pontos de atenção que impactam no seu desempenho. Com esse processo, você consegue extrair mais resultados do seu site e aumentar sua taxa de conversão. 

 

A taxa de conversão é calculada dividindo o número de visitantes do seu site pela quantidade de conversões – que podem ser vendas, geração de leads ou outro objetivo que você definiu para o seu site.

 

Você deve estar se perguntando: e o que seria uma alta taxa de conversão para um site? Bem, os números variam muito dependendo do setor de atuação da empresa. O ideal é que você faça um benchmark com outros sites do seu setor. 

 

Mas, só para você ter uma referência, uma taxa média geral de conversão é 2,35%. Ou seja, de cada 1.000 pessoas que visitam um site, um pouco mais de 23 vão ser convertidas (comprar seu produto, deixar suas informações de contato ou outro objetivo que você definiu). 

 

O que você deve analisar no seu site

 

Agora que você já sabe porque é importante analisar a performance do seu site, vamos começar a detalhar COMO você pode fazer essa análise.

 

A performance de um site é impactada por muitos aspectos, mas eles podem ser agrupados em 3 grandes grupos: design, conteúdo e aspectos técnicos. 

 

São itens bastante amplos, que englobam praticamente tudo o que diz respeito ao seu site. Por isso, neste artigo vamos nos concentrar apenas nos principais aspectos técnicos: velocidade, responsividade, segurança e SEO

 

Velocidade

É a velocidade de carregamento das páginas para os usuários. Ela é, de longe, o principal  ponto crítico para a performance de um site. 

 

Se uma página demora apenas alguns segundos a mais para carregar, o visitante pode desistir, fechar a página ou, pior, buscar o site do seu concorrente. 

 

Trazemos aqui um apanhado com alguns números de um playbook do Google que demonstram o impacto da velocidade na performance do site:

  • 53% dos visitantes que utilizam dispositivos móveis abandonam o site que leva mais de 3 segundos para carregar
  • Cada 1 segundo a menos no carregamento do site significa 27% mais conversões
  • A probabilidade de um bounce (usuário desistir/sair do site após uma única visita à página) aumenta 32% à medida que o tempo de carregamento da página passa de 1 para 3 segundos

 

A lentidão no carregamento também pode fazer o site perder posições no ranking dos resultados de busca do Google. 

 

Além disso, em maio de 2021 o Google lançou um novo conjunto de métricas chamado Core Web Vitals, que inclui a velocidade de carregamento do maior elemento de conteúdo do site como uma de suas métricas. 

 

E o que provoca a demora no carregamento de um site? Tamanho exagerado das imagens, imagens não otimizadas, códigos desnecessários na programação do site e desempenho do servidor são alguns dos principais fatores. 

 

Isso significa que escolher uma boa plataforma para o desenvolvimento do seu site e um bom servidor são cruciais para que o seu site tenha uma boa velocidade e, portanto, uma boa performance. 

 

Responsividade

Analisar performance site

Uma página é responsiva quando se adapta a diferentes dispositivos: desktop, smartphone ou tablet. 

 

Essa funcionalidade é fundamental para que seu site ofereça a melhor experiência possível para os seus visitantes, independentemente do dispositivo que eles estejam usando para acessá-lo.

 

Assim como a velocidade, a compatibilidade com dispositivos móveis também é um dos principais fatores para a boa performance de um site. Isso acontece porque, desde 2016, o número de pessoas que acessam a internet em todo o mundo via dispositivos móveis ultrapassou os usuários de desktop. 

 

Por isso, o Google passou a considerar a responsividade como um dos fatores de rankeamento. Segundo o gigante das buscas, há 61% de chances de uma pessoa desistir de um site inadequado para o dispositivo de acesso. 

 

Portanto, de nada adianta que o seu site seja maravilhoso no seu computador, mas lento e difícil de navegar no celular. 

 

Para ter um site mobile-friendly, você pode utilizar o design responsivo, criar uma versão mobile (m.exemplo.com), aplicar o dynamic server (mesma URL para mobile e desktop, mas HTML e CSS diferentes) ou usar páginas AMP (Accelerated Mobile Pages).

 

Optar por um construtor de sites com design responsivo ou dynamic serving pode facilitar bastante a sua vida e certamente vai melhorar a peformance do seu site.  

 

Segurança

Segundo um levantamento da empresa de segurança digital Sophos Lab, 30 mil sites sofrem ataques hacker todos os dias. Os hackers utilizam ferramentas automatizadas para varrer uma grande quantidade de sites e buscar vulnerabilidades.

 

Se o seu site for vítima de ataques e malwares, os dados da sua empresa, dos seus visitantes e dos seus clientes podem ser roubados. Além disso, o ataque pode tirar seu site do ar, os emails do domínio da sua empresa podem passar a ser classificados como spam e seu site pode ser excluído dos mecanismos de busca. 

 

Portanto, oferecer segurança é essencial para o bom desempenho do seu site. Quando o usuário se sente inseguro para navegar e informar seus dados, ele pode desistir da visita sem realizar as conversões que você deseja.

 

Por isso, uma análise de performance de site deve mirar também na segurança. Verifique os seguintes pontos:

  • Invista em um bom serviço de hospedagem
  • Instale certificados SSL
  • Atualize os sistemas
  • Utilize plugins de fabricantes confiáveis
  • Faça backups frequentemente
  • Não utilize senhas fracas e altera-as frequentemente

 

Algumas plataformas de desenvolvimento de sites já contemplam diversos desses fatores. 

 

SEO

O SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca) busca aumentar o tráfego e o desempenho do site nos mecanismos de busca, como Google e outros. 

 

Nesse caso, a análise do site procura mapear todos os possíveis erros de otimização do site que estejam prejudicando sua indexação ou rankeamento nos buscadores.

 

Como já vimos, velocidade, compatibilidade mobile e segurança são fatores de rankeamento, mas uma auditoria completa de SEO engloba muitas outras questões.

 

A auditoria de SEO pode buscar problemas e oportunidades nas seguintes áreas:

  • Estrutura do site (SEO técnico): páginas não rastreadas, erros 4XX e 5XX, arquivo robots.txt ausente ou com erros, arquivo sitemap.xml ausente ou com erros, páginas com Flash, arquivos JavaScript e CSS não compactados, entre outros.
  • Páginas do site (SEO On Page): linkagem interna, conteúdo repetido ou duplicado, meta description vazia ou repetida, title tag vazio ou repetido, imagens quebradas, imagens sem atributo alt, entre outros.
  • Relação do seu site com outros sites (SEO Off Page): backlinks de sites duvidosos, de conteúdos de baixa qualidade, com baixa pontuação de autoridade, com textos-âncora incoerentes, entre outros.

 

5 ferramentas para analisar a performance do seu site

Analisar performance site

A lista de itens a serem analisados para avaliar a performance de um site é extensa. Entretanto, algumas ferramentas podem ajudá-lo a analisar seu site e apontar oportunidades de otimização. Elas são um excelente ponto de partida. 

 

  • Google PageSpeed Insights

O PageSpeed Insights é um ótimo recurso gratuito oferecido pelo Google. Ele faz uma análise sobre o desempenho do seu site, classificando-o com uma nota de 0 a 100. 

 

A ferramenta apresenta informações sobre a velocidade de carregamento do site e também sobre a exibição do conteúdo. Cada um dos itens avaliados é classificado como bom, precisa de melhorias ou ruim.  

 

São duas avaliações separadas: uma para acessos de dispositivos móveis e outra específica para aparelhos desktop.

 

O PageSpeed Insights é muito fácil de usar. Basta inserir a URL do seu site e clicar em “Analisar”. O sistema vai examiná-lo e gerar um relatório contendo uma lista de erros, sugestões de melhoria e pontos que já estão otimizados. 

 

Não deixe de fazer o teste para ter uma ideia geral de como está o desempenho do seu site. 

 

  • Web.dev

A ferramenta de medição do site para desenvolvedores do Google, o web.dev, avalia a qualidade geral de uma página web em um ambiente de laboratório usando uma ferramenta chamada Lighthouse. Ela fornece informações sobre várias categorias de qualidade do Lighthouse, incluindo desempenho, acessibilidade e SEO. 

 

Enquanto o PageSpeed Insights usa dados de laboratório (Lighthouse) e de campo (Chrome UX Report), o web.dev/measure se aprofunda em um único URL no laboratório. 

 

Por isso, a dica é usar o PageSpeed Insights para otimizar o Core Web Vitals. E usar o web.dev/measure para medir e otimizar um conjunto mais amplo de sinais de qualidade sobre uma página.

 

  • Pingdom Website Speed Test

Assim como o PageSpeed Insights, o Pingdom Website Speed Test também apresenta uma nota para o site analisado. 

 

Além disso, a ferramenta exibe o tempo de carregamento, o tamanho da página e uma porcentagem mostrando o quão mais rápido o seu site é em comparação com aqueles testados com o mesmo sistema.

 

O relatório também traz notas individuais para aspectos específicos, indicando as melhorias que precisam de maior atenção e um gráfico com o tempo de carregamento de cada um dos arquivos da página.

 

Essas funcionalidades são gratuitas, mas a Pingdom também disponibiliza uma versão paga, que automatiza os testes de performance para monitorar a disponibilidade e a velocidade do site com frequência.

 

  • GTMetrix

A versão gratuita do GTmetrix traz recursos bastante similares às ferramentas anteriores. Seu diferencial é trazer uma recomendação de quais devem ser as suas prioridades em termos de melhorias no site: alta, média ou baixa. 

 

As versões pagas contam com a possibilidade de analisar mais URLs (a versão grátis permite até três), o monitoramento de hora em hora e a gravação de vídeos para demonstrar visualmente como está o carregamento da página.

 

  • Google Test My Site

A última dica da nossa lista é outra ferramenta gratuita oferecida pelo Google. O Test My Site da plataforma Think With Google quer ajudá-lo a melhorar o desempenho do seu site em dispositivos móveis. 

 

As informações avaliadas são: tempo de carregamento, perda estimada de visitantes (em %) devido ao tempo de carregamento, comparação desse tempo com o de outras empresas do setor (excelente, bom, razoável ou insatisfatório) e qual seria o tempo de carregamento se você fizesse todos os ajustes propostos no relatório.

 

Para receber o relatório, é só clicar em “Receber o relatório gratuito”, inserir o seu e-mail e clicar em “Enviar”. Então, o sistema vai enviar um e-mail com recomendações em um estilo muito próximo ao do PageSpeed Insights e a sugestão de aprender mais sobre a tecnologia AMP.

 

Por fim, como garantir que meu site tenha uma boa performance?  

 

Como vimos, simplesmente colocar um site no ar não vai garantir mais resultados para o seu negócio. 

 

É preciso estar constantemente analisando a performance do seu site e identificando oportunidades de otimização em termos de velocidade, responsividade, segurança e SEO. 

 

A Duda é uma plataforma de criação de sites em escala especialmente desenvolvida para profissionais e agências digitais. Somos líderes em desempenho no Google Core Web Vitals e entregamos excelentes resultados nos aspectos técnicos que vimos acima. 

 

Já a Upsites é uma das agências brasileiras que utiliza a Duda para a construção de sites profissionais de alta performance. 

 

Portanto, se você precisa construir um site do zero ou melhorar o desempenho do seu site atual, peça um orçamento para a Upsites. 

 

E verifique se a Duda é o CMS ideal para atender as suas necessidades e ajudar a transformar seu site em uma verdadeira máquina de atração e conversão de clientes.

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

compartilhe esse post