Como fazer marketing jurídico respeitando a OAB?

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Como fazer marketing jurídico respeitando a OAB? Você sabia que no segmento jurídico há algumas restrições que devem ser cumpridas ao utilizar estratégias para divulgação de serviços como assessoria jurídica? Confira aqui neste artigo como divulgar o seu negócio e atrair clientes, de acordo com as limitações legais.

Quais as limitações da OAB diante do Marketing Jurídico e quais estratégias podem ser utilizadas?

Você é advogado criminal ou presta assessoria jurídica em outras áreas de Direito? Devido ao enorme potencial que a internet oferece para o público atualmente, é possível utilizar estratégias de Marketing Digital para divulgar o seu negócio e conquistar um lugar de destaque no seu segmento.

Ao decidir adotar estratégias de marketing para divulgação de seu escritório na internet, através das redes sociais, anúncios e sites, é preciso atender as restrições de publicidade impostas ao segmento jurídico pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

O principal objetivo da limitação para fazer o Marketing de um escritório ou exercício de serviços jurídicos, é para manter a credibilidade e garantir a dignidade dessa profissão, a fim de garantir segurança para os profissionais e órgãos judiciais.

Confira a seguir quais as limitações da OAB em relação ao Marketing Digital, antes de começar a investir na divulgação dos seus serviços e saiba como usar as estratégias em seu negócio:

Anúncios de rádio e televisão

O rádio e a televisão são canais de mídia em que milhares de pessoa tem acesso diário, no entanto, anunciar assessoria jurídica e outros serviços do segmento nos mesmos é proibido.

O motivo envolve a competição desleal, a qual seria injusta para os profissionais da área, já que os escritórios maiores teriam dinheiro o suficiente para investir em sua propaganda, fazendo com que a maior parte de suas campanhas apareçam em canais de destaque.  

Além disso, essa relação comercial teria grandes chances de prejudicar os processos que fossem divulgados para atrair mais clientes.

Promover os serviços em eventos que não sejam do segmento

Os eventos são os melhores locais para divulgar serviços, ampliar agenda de contatos, conquistar novas oportunidades, entre outros. No entanto, não é em qualquer evento que se deve fazer o marketing de serviços jurídicos.

A OAB não permite que seja realizada a divulgação de serviços do segmento, caso os eventos não sejam sobre assuntos judiciais, entre outros, os quais envolva de forma direta o exercício do Direito.

Uso de expressões populares na divulgação

A OAB destaca que o uso de expressões populares não deve ser realizado na divulgação dos serviços jurídicos, a fim de garantir a sobriedade da profissão, a qual deve ser séria e profissional.

Expressões popularmente utilizadas em campanhas de Marketing Digital como “Ligue agora e aproveite essa oportunidade”, não são permitidas.

Divulgação de valores

As famosas divulgações de promoções ou campanhas que mostrem o valor cobrado pelo serviço como é feito popularmente, não podem ser realizadas. O orçamento é dito ao cliente somente de forma presencial e após conversarem sobre o serviço desejado em uma consultoria jurídica. O objetivo é evitar a banalização do exercício da profissão.

Ao invés de manter o foco nos valores cobrados por consulta para atrair clientes, o correto a trabalhar a sua credibilidade no mercado e nos serviços oferecidos com eficiência.

Consultas grátis através do website da empresa

Um website é uma ótima estratégia de marketing para atrair clientes, no entanto, as consultas online não são permitidas. A limitação tem o objetivo de fazer valer o código de ética estabelecido pela OAB.

O que pode ser feito é realizar um website com publicações gratuitas, as quais possuam assuntos que esclareçam dúvidas comuns no segmento, a fim de incentivar os visitantes a contatar o advogado em busca de mais informações.

Fotos de tribunais 

O uso de imagens de prédios dos tribunais é completamente proibido, a fim de evitar que o público entenda que a sua empresa possui alguma parceria com os órgãos judiciais.

A medida foi estabelecida para manter os tribunais neutros, diante de qualquer assunto, além de garantir a segurança dos profissionais do seu negócio e dos órgãos.

Se precisar de imagens relacionadas ao seu segmento para realizar a divulgação de suas estratégias de Marketing, há diversos bancos de imagem grátis que podem ser acessados e possuem imagens livre de direitos autorais.

Estratégias de Marketing que podem ser utilizadas em seu negócio jurídico

Canais jurídicos online

Para realizar a divulgação do seu negócio na internet sem precisar violar as regras impostas pela OAB, você pode participar de canais jurídicos em plataformas online, as quais permite o contato com profissionais de mesmo segmento.

Anúncios do Google

É possível fazer o marketing de seu escritório ou assessoria jurídica no Google e nas redes sociais, desde que não sejam divulgados preços de serviços.

Investir em anúncios é uma ótima maneira de atrair clientes para o seu site profissional, uma vez que os mesmos atingem o maior número de público-alvo possível.

Conteúdo para website e redes sociais

Como mencionado, quando são realizadas publicações sobre assuntos do segmento de Direito em seu blog ou redes sociais, que gere dúvidas no público em potencial, você atrai atenção dos clientes e pode aumentar o número de procura por seus serviços.

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia relevante, uma vez que, quando desejam adquirir um serviço ou produto, as pessoas abrem seu navegador na internet e digita o assunto.

Se você estiver bem posicionado de acordo com os critérios de SEO (Search Engine Optimization), com certeza, será recomendado para os usuários.

Essas são algumas das estratégias que podem ser usadas para fazer Marketing Jurídico, o ideal é contratar uma agência digital especializada, a qual compreende as limitações e pode ajudá-lo a atrair mais clientes para o seu negócio.

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email