Site por assinatura

Consultoria SEO

compartilhe esse post

Uma loja virtual ou um site de vendas online deve ser gerenciado como qualquer outro.

Mesmo não havendo necessidade de organização de uma vitrine, o controle de estoque é extremamente necessário, por exemplo.

Existe uma necessidade constante de controle administrativo, uma vez que as compras não são realizadas presencialmente e os produtos não são entregues na hora.

Esse controle se estende a partir da compra do produto do fornecedor, até a entrega na casa do comprador.

Assim, essa venda demanda uma grande quantidade de etapas. E o controle dessas etapas deve ser sempre monitorado.

Mas como fazer isso?

Que tal com a ajuda de um sistema ERP?

Confira!

O que é um sistema ERP

A sigla ERP significa, em inglês, Enterprise Resource Planning, cuja tradução se dá por Planejamento de Recursos Empresariais. Ou seja, o ERP é um sistema de gestão empresarial.

Seu intuito é integrar todos os setores e fazer com que eles se comuniquem de forma simples.

Isso significa que o sistema abrange as mais diversas áreas da empresa. Tal como:

  • Financeiro: engloba toda área de finanças da empresa. Isto é, todas as compras e vendas realizadas, todos os impostos pagos e muito mais. Assim, controlando todo o fluxo de caixa, entradas e saídas de forma totalmente integrada. Além do cadastro de clientes, o que faz com que a sua identificação seja facilitada.
  • Estoque: todo produto que entra e sai, deve ser registrado. Com um sistema de controle de estoque, quando uma venda é realizada, o produto que será retirado do estoque, já é automaticamente descartado dentro do sistema. Assim, não há necessidade alguma de refazer todo o processo.
  • Produção: outro modo possível dentro de um sistema de controle é o controle de produção. Isso significa que se a sua empresa realiza a transformação de um item em outro ou outros, você pode controlar todo esse processo a partir do sistema. Assim, ele terá todos os dados da produção do seu item, da quantidade de matéria prima utilizada, seus respectivos valores, e como o item chega ao final, além do valor total de produção.
  • Fiscal: uma das funções mais importantes de um sistema ERP, é a emissão de notas fiscais. A emissão de notas fiscais é algo imprescindível dentro de uma empresa, uma vez que sem sua emissão, a empresa pode estar infringindo regras e ter alguns direitos revogados. Algumas notas emitidas por sistemas são a NF-e, NFC-e e NFS-e.

Qual a importância de um sistema ERP para sua e-commerce

Um sistema ERP tem a autoridade para acompanhar toda a sua empresa. Isso, traz uma segurança cada vez maior para o empreendedor.

Porque assim, é possível saber o que entra e o que sai, quando custa e quanto traz de lucro e muito mais. Assim como também traz a facilidade de ser online e integrado.

Quando se utiliza cadernos, ou formas de controle manuais, fica extremamente difícil de controlar todos os dados e fazer a relação entre eles.

Assim como quando se utiliza uma planilha. Por mais que ela seja automatizada, não existe interação entre as planilhas criadas. Um dos problemas é que quando acontece algo errado, será preciso uma busca de o que deu errado e como.

Já com sistema ERP é possível manter controle total de todas essas áreas e assim, entender como sua empresa chegou onde está e qual o caminho a ser seguido.

Vantagens de um sistema ERP na sua e-commerce

Uma série de processos complicados tomariam horas para serem realizados manualmente, produtos seriam desperdiçados e valores seriam gastos sem controle sem um sistema que possa controlar todos esses dados. Confira mais algumas vantagens de ter um sistema ERP na sua e-commerce.

Agilidade e facilidade

Uma das maiores vantagens de se ter um sistema de controle em uma loja é a facilidade e agilidade que ele traz.

Podendo inserir todos os dados, o sistema traz uma automação que não haveria quando o controle é feito manualmente.

Além disso, faz com que não se perca tanto tempo repassando todas as informações e dados de um caderno ou planilha para outra.

Assim, fazendo com que esse tempo seja utilizado em outras tarefas.

Outra facilidade, é que por um ERP ser online, você pode transmitir os dados da venda de forma eletrônica, gerando também versões eletrônicas das notas.

Como a NF-e, NFC-e e NFS-e. Assim, elas podem ser enviadas diretamente para seu cliente.

Geração de relatórios

Uma das vantagens de um sistema em comparação com os meios manuais é a geração de relatórios de dados.

Uma vez que o sistema é totalmente integrado, ele pode colher dados de todos os setores e assim criar um relatório com os dados selecionados.

Esses relatórios podem ser de produtos vendidos por tempo, curva ABC, de DRE e muitos outros.

Melhor visão e planejamento

Também aproveitando a utilização de relatórios, há possibilidade de se realizar um planejamento mais amplo.

Isso quer dizer que como é possível uma visão melhor e de um período de tempo maior, será mais fácil prever a necessidade de produtos e de valores em caixa.

A vantagem desse planejamento é que não se tenha prejuízo. Uma vez que se tem os dados necessários para medir a quantidade do que a empresa precisa, não será desperdiçado nada a mais.

Maior controle

Um dos maiores erros que podem acontecer é a loja vender um produto que não tem em estoque. Portanto, o controle desse setor é imprescindível.

Existem vários métodos com o qual ela pode ser controlada, como PEPS e UEPS, ou SKU, por exemplo.

Dessa forma, o sistema de controle pode lhe trazer uma visão mais ampla. Uma vez que quando a venda é inserida, ele entende que o produto já não está mais no estoque.

Também é possível gerar relatórios, até de curva ABC, facilitando a visão da sua empresa.

Conclusão

Não é porque a sua loja é virtual que você não deve controlar estoque, financeiro, entradas e saídas de caixa e todos os fatores administrativos.

Sem um controle amplo e integrado, fica extremamente complicado gerenciar sua loja. E um sistema ERP pode ser de grande ajuda para um melhor administração, tanto financeira como geral!

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

compartilhe esse post

Artigos relacionados