Featured Snippets Google: como alcançar a posição zero

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Fazer a otimização de sites é fundamental para que as páginas de site ou blog consigam obter um bom posicionamentos nos resultados de pesquisa do Google – não é a toa que o serviço de consultoria SEO se torna cada vez mais requisitado -, mas você já ouviu falar em Featured Snippets Google?

 

Featured Snippets Google – também conhecidos apenas como snippets – são trechos curtos de textos que aparecem em destaque no topo dos resultados de pesquisa do Google para responder rapidamente à consulta de um usuário.

 

O conteúdo que aparece dentro de um snippet em destaque é obtido automaticamente de páginas na internet no índice do Google. Os tipos comuns de snippets apresentados incluem definições, tabelas, etapas e listas.

 

Imagem www.backlinko.com

 

Mas, o que os snippets tem a ver com o SEO? E como consegui-los?

Se você quer saber mais sobre Featured Snippets Google e como alcançar a posição zero (destaque), continue a leitura!

 

Qual a importância dos snippets para o SEO?

Os snippets em destaque podem impactar o SEO de duas maneiras. Em primeiro lugar, eles são uma oportunidade de obter mais cliques nos resultados de pesquisa orgânica, sem classificações mais altas do Google.

 

Na verdade, muitos especialistas em SEO referem-se à caixa de trechos em destaque como “posição zero” porque ela aparece acima do tradicional primeiro lugar.

Imagem www.backlinko.com

 

Por aparecer antes mesmo dos primeiros resultados, um snippet pode ter muito muitos acessos.

Imagem www.backlinko.com – demonstrativo de resultado de pesquisa

 

Portanto, se você conseguir colocar seu conteúdo no Snippet em destaque, poderá dar um grande impulso à sua taxa de cliques orgânicos. Veja um exemplo abaixo:

Imagem www.backlinko.com

Em segundo lugar, os Snippets em destaque aumentam o número de “pesquisas sem clique”. Em outras palavras, quando um usuário do Google não clica em nenhum dos resultados da pesquisa.

 

Isso acontece porque o Snippet em destaque geralmente dá a resposta que o usuário procura.

Imagem www.backlinko.com

 

Portanto, antes de decidir sobre uma palavra-chave específica, é importante observar se os resultados da pesquisa têm ou não um snippet em destaque. Nesse caso, de acordo com um estudo do setor feito pelo Ahrefs, você terá menos cliques em comparação com SERPs sem um snippet em destaque.

 

Isso não quer dizer que você deva jogar fora automaticamente uma palavra-chave se houver um snippet em destaque. Afinal, o SEMrush relata que 11,84% de todas as consultas têm um snippet em destaque.

Imagem www.backlinko.com

 

O que significa que será difícil evitar completamente as palavras-chave com um snippet em destaque. Além do mais que, junto com a concorrência e o volume de pesquisa mensal, os trechos em destaque devem ser levados em consideração em seu processo de escolha de palavras-chave.

 

Os tipos de Snippets em destaque

Existem 4 tipos principais de Snippets em destaque que aparecem com mais frequência nos resultados de pesquisa do Google.

Caixa de definição

Este é um fragmento de texto projetado para fornecer aos usuários uma definição ou descrição direta e concisa. No exemplo abaixo, ao utilizar o termo “rich snippets”, há uma caixa de definição na parte superior dos resultados:

Imagem www.backlinko.com

 

As caixas de definição são frequentemente utilizadas pelo Google com o objetivo de responder a perguntas do tipo “o que é”. Aqui está um exemplo:

 

Imagem www.backlinko.com

 

Como você pode ver, as definições que o Google tende a usar são curtas e agradáveis. Na verdade, o SEMrush descobriu que a definição média de trechos em destaque tem entre 40-60 palavras.

Imagem www.backlinko.com

 

Tabela

Este tipo de snippet é quando o Google extrai os dados de uma página e os exibe como uma tabela. Aqui está um exemplo:

Imagem www.backlinko.com

Lista ordenada

Está é uma lista de itens apresentados em uma ordem específica. O Google tende a usar listas ordenadas para consultas que precisam de um conjunto de etapas.

Imagem www.backlinko.com

 

Eles também utilizam listas ordenadas para listagens que classificam as coisas em uma ordem específica, como esta:

Imagem www.backlinko.com

 

Lista não ordenada

Esta é a maneira do Google  apresentar uma lista de itens que não precisam estar em uma ordem específica, como o exemplo abaixo:

 

Imagem www.backlinko.com

 

É por esse motivo que o Google apenas apresenta cada ferramenta como uma lista simples, sem nenhuma informação que as classifique de uma forma ou de outra, como você pode observar abaixo:

 

 

Como fazer otimização para Featured Snippets Google

Neste momento você deve estar se perguntando: Como eu consigo otimizar meu site ou blog para Featured Snippets Google?

 

Para conseguir isso, é necessário dedicar esforços que demandam tempo, mas que são totalmente possíveis. Veja alguns deles a seguir.

 

Encontre SERPs com um snippet em destaque

Sua primeira etapa é procurar uma página de resultados de pesquisa que já tenha um snippet em destaque. Ou seja, oportunidades de snippet em destaque. Dessa forma, você sabe o que o Google deseja mostrar em um snippet para esse termo. Na verdade, eles já fazem!

Além disso, você pode ver que tipo de snippet em destaque o Google deseja mostrar para aquela termo (a definição, lista não ordenada, etc.). O que torna a otimização de sua página para esse tipo específico de snippet em destaque super simples.

 

Por exemplo, quando você pesquisa “as melhores garrafas de água de vidro”, pode ver que o Google tem um snippet de lista não ordenado em destaque no topo.

Imagem www.backlinko.com

 

Existem duas maneiras de procurar SERPs que possuem um Snippet em destaque.

Primeiro, você pode pesquisar várias palavras-chave, uma por uma. Portanto, se você tiver uma lista de palavras-chave em potencial para segmentar, poderá pesquisar cada uma e anotar se os resultados desse termo têm ou não um snippet em destaque.

Imagem www.backlinko.com

 

Em segundo lugar, você pode usar uma ferramenta como SEMrush e Ahrefs para se concentrar em palavras-chave com um snippet em destaque.

Por exemplo, ao executar um relatório de palavras-chave orgânicas usando Ahrefs, você pode filtrar quaisquer palavras-chave que ainda não tenham um snippet em destaque.

Imagem www.backlinko.com

 

Otimize para esse snippet em destaque específico

Em seguida, é hora de otimizar o conteúdo da sua página para que o Google opte por usá-lo no Snippet em destaque.

Veja como otimizar seu conteúdo para os 4 tipos mais populares de snippets.

– A definição: você precisa fornecer ao Google um pequeno trecho de texto (40-60 palavras) que eles possam usar diretamente no trecho em destaque. Também ajuda se você tiver “O que é X” diretamente acima de sua definição.

Imagem www.backlinko.com

Imagem www.backlinko.com

 

A Hubspot, por exemplo, leva isso um passo adiante. Na verdade, eles projetam pequenas caixas em seu conteúdo que se parecem com um snippet.

Imagem www.backlinko.com

 

Não achamos que você precisa ir tão longe. Mas isso mostra que a formatação é a chave para colocar seu conteúdo no Snippet em destaque. Especificamente, quanto mais próximo o seu conteúdo se parecer com um Snippet, maior será a probabilidade de o Google utilizá-lo.

A única outra coisa a ter em mente é que você deseja que sua definição seja objetiva . Em outras palavras: não inclua uma opinião sobre o assunto de qualquer maneira.

Lembre-se: o Google não quer que as opiniões apareçam como definições. Portanto, mesmo que você tenha um sentimento forte sobre o assunto, faça o possível para escrever a definição sem nenhuma emoção. Na verdade, você deve escrever a definição como uma “definição” de dicionário.

Por exemplo, você pode ver no exemplo abaixo que a definição de “links nofollow” parece ter sido extraída diretamente de um dicionário.

Imagem www.backlinko.com

 

A tabela: acredita-se que o Google tende a obter conteúdo para os trechos apresentados nas tabelas.

Em outras palavras: eles não estão coletando dados de várias partes de sua página e os apresentando em forma de tabela. Em vez disso, eles estão essencialmente eliminando tabelas que já existem.

Por exemplo, verifique esta tabela trecho de destaque.

Imagem www.backlinko.com

 

Bem, quando você olha para a fonte desse conteúdo, pode ver que é literalmente a mesma tabela.

Imagem www.backlinko.com

A maneira como você codifica essas tabelas depende de como o seu site está configurado (e se você usa ou não o WordPress). Mas, em geral, contanto que seu HTML use a tag <tr> para apresentar os dados em uma tabela, o Google deve ter facilidade para “ler” sua tabela.

A lista ordenada: a chave aqui é organizar sua página de forma que as etapas ou listas de itens específicos sejam apresentadas de uma forma que o Google possa entender facilmente.

Especificamente, você deve agrupar cada item ou etapa no texto H2 ou H3. E apresente cada item como um subtítulo.

Imagem www.backlinko.com

 

Para tornar a ordem de seus itens ou etapas bem clara para o Google, você pode até incluir texto como “Etapa 1” ou “1”. em cada subtítulo. Aqui está um exemplo:

Imagem www.backlinko.com

 

O mais importante a ter em mente é que a consistência é a chave. Portanto, se você apresentar a etapa 1 como “Etapa 1: Faça X”, não execute a segunda etapa: “Etapa 2: Faça Y”.

Em vez disso, apresente suas etapas assim: Etapa 1, Etapa 2, Etapa 3 …

Ou assim: 1., 2., 3 …

Por exemplo, a postagem abaixo apresenta uma estratégia de SEO de 9 etapas:

Imagem www.backlinko.com

 

Cada etapa do processo usa exatamente o mesmo formato (“Etapa # 1”, “Etapa # 2”, etc.).

Imagem www.backlinko.com

Também envolve cada etapa em uma tag H2.

Imagem www.backlinko.com

Otimize sua página em torno de vários termos de cauda longa diferentes

O Ahrefs descobriu que a grande maioria dos Snippets em destaque aparece quando as pessoas pesquisam por palavras-chave de cauda longa.

Imagem www.backlinko.com

 

As palavras-chave de cauda longa são termos que as pessoas usam em mecanismos de pesquisa que são muito longos e muito específicos.

As consultas que as pessoas usam para pesquisa por voz são exemplos perfeitos desse tipo de pesquisa.

Aqui está um exemplo de uma pesquisa tradicional.

Imagem www.backlinko.com

 

E aqui está uma versão coloquial de cauda longa dessa mesma consulta de pesquisa.

Imagem www.backlinko.com

 

A conclusão aqui é que você não quer apenas otimizar seu conteúdo para palavras-chave de trechos em destaque que muitas pessoas procuram – como “o que é SEO”.

Você também deseja otimizar os Snippets em destaque que aparecem quando as pessoas procuram variações e versões de cauda longa desses termos.

No exemplo abaixo, você pode ver que foram adicionadas seções a esta página que são projetadas para classificar vários trechos de destaque de cauda longa diferentes.

Imagem www.backlinko.com

 

É quase como uma mini página de perguntas frequentes. Então: como você sabe quais palavras-chave de cauda longa segmentar?

Recomendamos verificar as caixas “Pessoas também perguntam” nas SERPs.

Imagem www.backlinko.com

 

Essas são questões relacionadas que o Google considera intimamente relacionadas à palavra-chave que você acabou de pesquisar.

 

No exemplo a seguir,  uma palavra-chave para a qual está no Snippet em destaque é “Descrição do YouTube”.

Imagem www.backlinko.com

 

E essa classificação é um resultado direto da otimização do conteúdo para o snippet de definição.

Imagem www.backlinko.com

 

Dito isso: há muitas consultas de cauda longa que poderiam ser respondidas na mesma página. Consultas que o Google mostra diretamente nos resultados da pesquisa.

Imagem www.backlinko.com

 

Aumente seus esforços de SEO de snippet em destaque

Se sua página (e site) tiver autoridade, você pode classificar sua página em dezenas de Snippets em destaque.

 

A chave para aumentar isso é adicionar muitas definições, listas ordenadas e outros formatos que o Google adora colocar em Trechos em destaque em sua página. Por exemplo, você pode ver que o HubSpot tem uma definição “principal” no topo da maioria de suas páginas.

Imagem www.backlinko.com

 

Mas eles também colocam várias perguntas e respostas em uma única página.

Imagem www.backlinko.com

Melhore suas classificações do Google

Uma coisa é otimizar seu conteúdo para snippets em destaque. Mas a verdade é: se sua página ainda não se classificou na primeira página do Google, sua chance de obter um trecho em destaque é praticamente zero.

Na verdade, de acordo com o estudo do Ahrefs, 99% de todos os snippets são de páginas que já foram classificadas na página 1.

Imagem www.backlinko.com

 

Isso faz sentido se você pensar bem: a primeira página é uma lista dos melhores e mais confiáveis ​​conteúdos do Google sobre esse tópico. Portanto, eles não vão extrair informações de um site na página 11, mesmo que esteja formatado perfeitamente.

Portanto, além de formatar seu conteúdo da maneira certa, você também precisa classificar na página 1 para ter uma chance real de entrar na caixa Trechos em destaque.

Por exemplo, esta página  é classificada como “# 0” como um snippet em destaque.

Imagem www.backlinko.com

 

Conclusão sobre Featured Snippets Google

Featured Snippets Google são uma forma de solucionar de forma rápida às dúvidas dos usuários do motor de pesquisa, e ao mesmo tempo é uma excelente forma de obter um maior tráfego orgânico para os sites.

 

Sabendo disso, esperamos que a partir de agora você comece a direcionar alguns esforços para isso e que em breve consiga obter um snippet em destaque no Google!

 

Fonte: www.backlinko.com

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email