Marketing Digital para Medicina Alternativa

compartilhe esse post

Como criar site para os tratamentos naturais

Medicina alternativa. Está aí um tema que teve um crescimento gigantesco nos últimos anos. Encarar o ser humano em diferentes esferas, de forma integral, é algo que fascina as pessoas. Se você é um profissional de alguma terapia de medicina alternativa, sabe do que estou falando. Mas este aumento de interesse, trouxe desafios para que os profissionais se destaquem. Por isso, uma estratégia de Marketing digital para medicina alternativa é fundamental.  

De acordo com dados do Google, mais de 100 bilhões de buscas são realizadas num mês, somente para área da saúde. O número é impressionante. No caso da medicina alternativa, ainda há muitas áreas inexploradas, com usuários sedentos por informação de qualidade.

– Isso traz novos clientes?

Pense comigo. Você está buscando uma solução para uma torneira de sua casa que está vazando. Você procura no Google como solucionar isso e encontra um vídeo ou artigo.

Neste vídeo está indicado um produto para fazer o reparo. Qual a chance de você usar este produto? Quase 100%.

Esse é o poder do Google. Ele une as pessoas que tem dúvidas, com quem pode resolvê-las.

 

Para se destacar diante de bilhões de buscas, o profissional de medicina alternativa precisa ser uma referência na sua área de atuação.

 

Crie sua própria imagem

O terapeuta, consultor, psicólogo ou profissional holístico precisa ser encontrado, ter um site próprio e construir sua própria imagem.

– Mas eu tenho página no Facebook!

Não construa nada em terreno alugado. Os usuários que curtiram sua página são do Facebook, não seus. Uma simples mudança na estrutura dele (algoritmo), pode fazer com que você não consiga mais alcançar as pessoas que curtiram sua página.

Um site é seu endereço, sua “sala comercial” na internet.

O site deve apresentar o profissional como autoridade no assunto. Para isso, deve-se criar estratégias de marketing para posicionar o site e apresentar o diferencial e a competência do profissional ou da clínica.

Os principais métodos praticados na medicina alternativa são:

  • Homeopatia
  • Fitoterapia
  • Auriculoterapia
  • Acupuntura
  • Shiatsu
  • Aromaterapia
  • Reiki
  • Massoterapia
  • Yoga
  • Quiropraxia
  • Reflexologia
  • Terapeuta holístico

Diante de tantas categorias, é fundamental o profissional limitar seu campo de atuação. Com isso, você pode impactar mais diretamente as pessoas que realmente estão procurando o que você pode oferecer.

A partir da definição dessa imagem, o profissional vai criar a persona do seu negócio e desenvolver o site voltado para ela.

 

Quem quer entender de tudo, não é especialista em nada!

 

Desenvolva um site responsivo (Mobile)

Mais da metade dos acessos à internet no mundo todo, é feito através de celular ou tablet. Não há como não levar isso em conta na hora de construir um site.

Para isso, a navegação deve ser intuitiva e fácil. O site precisa ter um design responsivo para todos os dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Esse é um pré-requisito essencial para garantir a boa experiência do uso do site. Se no mundo, 50% dos acessos é feito via celular, no Brasil este número sobe para 92%!

No site o profissional divulga os principais serviços, expõe seu trabalho, compartilha novidades sobre seu nicho de atuação, divulga convênios e parcerias e se conecta diretamente com seu público-alvo. Ele precisa estar disponível para todo tipo de dispositivo.

Se uma pessoa acessa o site e ele, por algum motivo não abre, pode ser que você esteja perdendo um cliente!

No caso do marketing digital para medicina alternativa, você pode perder um cliente, que pode acabar indo para a concorrência ou então, que não venha a procurar novamente por você.

Pesquisas relatam que 80% dos visitantes só acessam a primeira página dos sites. Portanto, é fundamental que todas as informações relevantes estejam presentes nessa página. O diferencial de um site com página única é que não há cliques. O visitante rola somente uma única página, enquanto todo conteúdo surge na tela.

 

Mais de 50% das conversões, de entrar em contato com o profissional, acontece somente com a visita à primeira página de um site.

 

Conteúdo relevante

Além de um leiaute atraente e o design responsivo, o site deve ter um conteúdo relevante, útil, qualificado e atraente para que o visitante permaneça no site, leia e quando for solicitado dê informações como contato, e-mail, telefone.

A partir dessas informações, o profissional será capaz de estabelecer uma relação com seu visitante, transformá-lo em leads e conquista-lo para se tornar cliente.

Por meio do marketing de conteúdo, é possível atrair potenciais clientes, conquistar sua confiança e direcioná-los até o momento da venda.

– Conteúdo relevante??

Sim. O que você oferece para as pessoas que entram em seu site? Apenas “propaganda”. Ninguém quer saber de propaganda. As pessoas procuram soluções e isso que você deve oferecer.

Pense comigo. Se a pessoa está procurando por: Benefícios da Acupuntura e chega a um conteúdo em seu site que fale disso.

Ela lê com atenção e se estiver destinada para praticá-la, vai te mandar um pedido de mais informações. Pronto, você gerou um Lead, que nada mais é do que alguém com um interesse no que você produz ou vende.

 

É fundamental investir tempo em criar conteúdo de qualidade, utilizando técnica de SEO para posicionar o site nas primeiras posições dos mecanismos de busca, principalmente o Google.

 

O conteúdo precisa ser informativo, com linguagem fácil e clara de ser compreendida pelos clientes/pacientes. É fundamental que o site esteja sempre atualizado, com publicações frequentes, informações qualificadas e atrativas. Essa é forma mais eficaz de estabelecer uma comunicação contínua com seus leads, e ao mesmo tempo, otimizar as páginas para busca no Google.

 

Como o Google pode trazer novos clientes, através de seu site de medicina alternativa

Não adianta nada ter um site responsivo com conteúdo atraente, qualificado e relevante, se ninguém o encontrar. Para solucionar esse problema, o profissional deve investir em ferramentas do Google para alavancar o site de medicina alternativa.

As principais ferramentas que trazem mais visita para o site e promove bom ranqueamento nos mecanismos de busca são o Google Adwords (busca paga) e SEO (busca orgânica).

Para o Google Adwords, usamos dinheiro para comprar “posições” no Google. Você paga para que seu site apareça acima dos outros, para determinadas palavras-chave. As campanhas de marketing podem segmentadas por região, onde anúncios patrocinados sobre a sua empresa deverão ser exibidos na primeira página do Google, a partir de buscas das palavras-chave específicas e serviços oferecidos pelo profissional.

Quando o visitante clica nesses anúncios, o link é direcionado para seu site ou uma página específica do site. Nessas páginas são exibidos dados relevantes que devem ser finalizados com algum incentivo apropriado, o Call-to-Action (chamada para ação).

Essa ação leva o visitante a prestar informações sobre si mesmo e permite que o profissional entre em contato com lead.

O Google Adwords é uma das formas mais rápidas de trazer o potencial cliente/paciente para o site de medicina alternativa.

Nessa ferramenta, é possível segmentar bastante o público por horário, localização geográfica, cidade, estado, bairro, país, entre outros.

É importante essa segmentação para que o profissional não desperdice dinheiro. Se o profissional atende em Brasília, não é inteligente exibir o anúncio para o país todo. Os cliques que essa campanha receber de outras cidades será um desperdício.

É possível também segmentar ainda por interesses, profissão, renda, idade e sexo.

 

O Google Adwords consegue perseguir exatamente seu público-alvo.

 

Já o SEO consiste em utilizar técnicas para que o site fique bem posicionado em determinadas buscas.

Por exemplo, se você trabalhar com a palavra-chave “Acupuntura em Campinas” e seu site estiver em primeiro, a tendência é que você receba a visita de muitas pessoas interessadas em seu serviço.

Os usuários da Internet pesquisam informações com termos e palavras específicas. Muitos programas ajudam os sites a planejarem as palavras chave atreladas ao nicho de atuação, a concorrência e a relevância dos termos a serem inseridos no conteúdo. Os principais são Google Adwords, Semrush e Keyworldtool.

Com a utilização de palavras chave de bom ranqueamento e o uso de algumas técnicas do SEO como repetição da palavra chave, uso no subtítulo, frases até 20 palavras, indexação de URL, entre outras, é possível que o site apareça nos resultados das pesquisas, principalmente no Google.

 

O Google é o principalmente mecanismo de busca no Brasil, cerca de 80% das buscas realizadas no país.

 

As regras do CFM e as redes sociais

Além de um site responsivo, otimizado e com conteúdo de qualidade, o profissional de medicina alternativa precisa conversar com seu público por meios das redes sociais.

É uma comunicação complementar mais rápida, humana e direcionada.

Nas redes sociais, está grande parte da atenção das pessoas que usam a internet, não é? Quem nunca passou muito tempo vendo o Facebook ou o Instagram?

Neste momento, o usuário está mais suscetível a ler ou ver vídeos. Isso é ainda mais importante na medicina alternativa, que gera uma enorme curiosidade nas pessoas.

O profissional deve elaborar uma estratégia e um planejamento direcionado exclusivamente paras redes sociais. É importante escolher quais mídias sociais o profissional ou a clínica vai estar presente.

De Instagram a LinkedIn, do Twitter ao Whatsapp. Não há necessidade de estar em todas.

 

Dê preferência pelas redes sociais, onde sua marca vai fortalecer a credibilidade, reconhecimento, fidelidade junto aos seus pacientes.

 

Independente das mídias sociais selecionadas, o profissional precisa levar em consideração as regras e questões éticas que regem as questões de publicidade médica, que constam no CFM (Conselho Federal de Medicina).

Essas normas e diretrizes do CFM visa impedir a autopromoção, o sensacionalismo e a mercantilização do serviço médico e devem ser utilizadas na prática do marketing digital.

Seja qual for a categoria de medicina alternativa que o profissional pratique: acupuntura, shiatsu, Reiki, massoterapia, homeopatia, entre outros, é fundamental pensar em formas de impactar de forma inteligente as pessoas.

Conteúdo relevante, ajudando as pessoas, é a chave. Fora isso, apenas propagandas irão só estressar as pessoas que te seguem ou buscam mais informações.

Primeiro ajude, depois venda!

Caso você tenha interesse em criar um site para uma dessas categorias da medicina alternativa, faça um orçamento sem compromisso conosco. Basta preencher o formulário abaixo que vamos te oferecer o melhor atendimento de acordo com a sua necessidade!

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

compartilhe esse post