Qual é a diferença entre Ecommerce e loja virtual?

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Muitos empresários e empreendedores estão apostando na internet como forma de expandir os negócios, trazendo eles para o mundo digital. Para isso, uma das soluções é a criação de um site para a sua empresa, tornando-se mais acessível para um público mais amplo. 

Dentro do universo empresarial online, você vai ouvir muito falar sobre ecommerce e loja virtual. Agora, você sabe qual é a diferença entre esses dois? Apesar de parecerem ser a mesma coisa, não são! Apesar de compartilharem de um mesmo propósito, que é gerar vendas para o seu negócio, existem diferenças na sua concepção. Por isso, vamos te explicar exatamente qual é a diferença entre cada uma delas e como elas se adaptam ao seu negócio. É só continuar lendo esse texto!

O que é uma Loja Virtual?

Uma loja virtual normalmente é a extensão online de uma marca que já existe fora da internet. Ou seja, mais um ponto de venda daquela marca. Através da loja virtual, a marca cria uma vitrine virtual, onde o cliente vai conseguir efetuar todo o processo de compra, da escolha ao carrinho. 

A loja virtual costuma ser a forma de marcas que já existem nos meios físicos ingressar na internet. Um erro muito comum que acontece com empresas físicas se tornando digitais, por conta da logística do negócio e como são estruturadas as operações, a loja virtual acaba tendo restrições em comparação a loja física. Por isso, é muito importante que você atente a forma como a sua venda será realizada através da internet, pois se a experiência de compra online for negativa, isso pode trazer impactos para a sua marca como um todo. 

Caso você esteja pensando em montar uma loja virtual, confira 6 dicas para quem está começando a sua loja online.

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=P9YEeGedz7U

O que é um ecommerce?

O termo, que deriva do inglês, é a abreviação de eletronic commerce. Traduzindo para o português, significa comércio eletrônico, ou seja, o ambiente onde se realiza as transações realizadas por meio de dispositivos digitais, como computador, smartphone e tablet. Ou seja, um ecommerce é o ambiente de vendas de marcas que são concebidas dentro do ambiente digital. 

Muitas vezes, vai ser o principal canal de venda da marca, que pode nem ter um ponto de venda físico, sendo a internet o seu único canal. Por isso, se tratando de um ecommerce, a mentalidade do negócio é direcionada totalmente para a internet. 

Sendo assim, ecommerces costumam ter estratégias mais robustas para a internet, utilizando das técnicas de marketing digital nas mídias sociais, email marketing e outros. A marca precisa se expandir online e alcançar públicos maiores para seu crescimento na internet. 

Qual a diferença entre cada um?

Como podemos ver, a loja virtual e o ecommerce diferenciam principalmente na hora da concepção de um negócio. Sendo assim, isso vai impactar diretamente na forma como a marca vai se posicionar online e quais os resultados esperados através do seu site. 

Em ambos os casos, é importante investir muito na presença da marca no digital, através do marketing digital. É através do marketing digital que a sua marca vai alcançar novos públicos, gerar fidelização da marca, divulgar promoções e fazer a sua marca crescer. Por isso, é muito importante que a sua empresa invista no marketing digital, para que a sua estratégia digital seja eficaz e gere bons resultados. 

O que é melhor: loja virtual ou ecommerce?

Essa é uma pergunta que não existe uma resposta única. Isso vai depender muito da necessidade e do foco da sua empresa. Cada um desses, a loja virtual e o ecommerce, surgem para suprir uma necessidade de negócio. Por isso, você deve avaliar bem cada uma das vantagens e desvantagens para entender qual opção certa para a sua empresa.

Na hora de tomar a decisão por qual caminho seguir, algumas perguntas podem orientar essa escolha. Por exemplo, o qual o resultado esperado do site? Que tipo de retorno você quer ter? Quais públicos vocês desejam alcançar? Qual é a importância do site da sua empresa dentro do share de participação no faturamento? Quais as possibilidades que podem ser trabalhadas através de uma estratégia digital? Essas perguntas podem te ajudar a tomar uma decisão mais assertiva. 

Então, agora ficou claro qual é a diferença entre os dois? Independente do caminho que a sua marca seguir, planeje bem a vitrine virtual da sua marca. Lembre-se que, apesar do seu site parecer ser mais fácil de operar do que uma loja física, ele também precisa de atenção para gerar bons resultados.

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email