Entregabilidade no e-mail marketing: como garantir que sua mensagem seja entregue corretamente

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email

À primeira vista, divulgar um site ou loja virtual através do e-mail marketing parece ser uma tarefa simples. Na teoria, basta ter uma lista de contatos, um produto para vender e uma conta de e-mail. Mas na prática não é bem assim: para alcançar o sucesso na sua campanha de e-mail marketing é necessário ter uma série de cuidados – inclusive com a entregabilidade do e-mail, para que ele não acabe na caixa de SPAM dos seus clientes.

O e-mail marketing é uma das ferramentas mais eficazes para divulgar produtos e serviços, mas todo o seu investimento pode ir por água abaixo caso a sua mensagem não seja entregue corretamente.

Por isso, hoje vamos conversar sobre entregabilidade e com o garantir que a sua mensagem chegue ao destino. Continue lendo e descubra como ter os melhores resultados com a sua campanha de e-mail marketing!

O que é entregabilidade?

Não basta enviar um e-mail marketing, você precisa acompanhar sempre as métricas para analisar os resultados da sua campanha.

E uma das métricas mais importantes é a entregabilidade, que verifica quantos dos e-mails enviados foram entregues corretamente, ou seja, chegaram até a caixa de entrada do destinatário.

É importante saber que entregabilidade não é a mesma coisa que entrega: a taxa de entrega contabiliza todas as mensagens que chegaram até o destinatário, mas não necessariamente até a caixa de entrada. Por exemplo, uma mensagem que chega até a caixa de SPAM é contabilizada na taxa de entrega, mas não na taxa de entregabilidade.

Para você ter uma ideia, uma taxa de entregabilidade saudável fica entre 98% e 99% dos e-mails enviados. Caso esse número fique abaixo dos 95%, é hora de se preocupar e verificar o que está prejudicando os seus envios.

Quais são os fatores que afetam a entregabilidade do e-mail marketing?

As taxas de entregabilidade são determinadas pela relevância e confiabilidade dos e-mails que você envia. Os leitores de e-mail, como Gmail, Outlook e Yahoo, conferem uma série de informações na hora de determinar para onde a sua mensagem será encaminhada.

Confira alguns dos fatores que podem afetar a entregabilidade do seu e-mail:

– Ações dos usuários

As ações que os usuários realizam quando recebem as suas mensagens podem determinar para onde elas serão encaminhadas no futuro. Por exemplo, se o destinatário deletar seu e-mail sem ao menos abrir a mensagem, isso pode ser considerado falta de interesse por parte do usuário. Se muitos usuários marcarem suas mensagens como SPAM, todos os seus envios futuros poderão ser prejudicados.

Por outro lado, se muitos usuários abrem o seu e-mail, encaminham ou respondem suas mensagens, os serviços de e-mail entendem que esse conteúdo é relevante e continuarão entregando na caixa de entrada.

– Qualidade da lista de contatos

É fundamental que as suas mensagens sejam encaminhadas apenas para usuários que expressaram desejo de recebê-las e que vão interagir com o conteúdo.

Por isso, além de não comprar listas prontas, é essencial que você realize a higienização periódica da sua lista de contatos. Isso significa excluir de tempos em tempos aqueles contatos que não abrem suas mensagens – dessa maneira você mantém suas taxas de engajamento e sua reputação em alta.

Uma boa opção é utilizar um serviço de validação de e-mails. Essas ferramentas permitem que você faça upload da sua lista de contatos e identifique os e-mails inválidos e inexistentes antes do envio, melhorando seus resultados.

– Reputação do IP

Assim como a nossa vida financeira, os e-mails também têm um score que determina se devem ser entregues na caixa de entrada ou na pasta de SPAM.

Um e-mail que segue as boas práticas da área dificilmente terá seu score afetado. Confira algumas dessas boas práticas que você pode adotar:

* Enviar e-mails apenas para usuários que fizeram o opt-in, ou seja, que pediram para receber as suas mensagens. Não compre listas prontas, que contam até com e-mails utilizados como “isca” pelos provedores para identificar SPAM;

* Enviar e-mails com conteúdo relevante e equilibrado. Isso significa não encaminhar mensagens somente com imagens, ou com imagens muito pesadas que podem ter o carregamento prejudicado;

* Usar termos muito utilizados por spammers no seu e-mail. Palavras como “grátis”, “ganhe” e “urgente”, entre outras, levantam suspeitas e podem prejudicar a sua reputação.

– Qualidade do código HTML do e-mail marketing

A imensa maioria das mensagens de e-mail são formatadas com código HTML. E é muito importante que esse código seja limpo e bem configurado para que os provedores de e-mail não tenham suspeitas em relação à sua mensagem.

Não se preocupe caso não entenda nada de programação: os melhores serviços de e-mail marketing oferecem templates prontos que se encaixam nas exigências e farão bonito na caixa de entrada dos seus contatos.

Como melhorar a entregabilidade do e-mail marketing?

A boa notícia é que existe uma série de estratégias para garantir uma boa entregabilidade e vender mais utilizando o e-mail marketing. Confira algumas, e adote-as antes, durante e depois do envio da sua mensagem!

– Conteúdo relevante

A qualidade do conteúdo que você encaminha para seus contatos é determinante para a entregabilidade do e-mail marketing. Conteúdo relevante é sinônimo de engajamento, que é um dos fatores que os provedores levam em consideração na hora de decidir para onde suas mensagens serão encaminhadas.

Uma boa dica para que suas mensagens cheguem sempre às caixas de entrada dos seus contatos é segmentá-los de acordo com suas preferências e ações anteriores. Os usuários não querem mais mensagens genéricas enviadas em massa!

E-mails mais específicos e personalizados costumam fazer sucesso e gerar muito mais retorno. Portanto, segmente suas listas com cuidado e encaminhe mensagens relevantes.

– Validação de e-mails

Como mencionado anteriormente, encaminhar mensagens para endereços de e-mails inválidos e/ou inexistentes pode prejudicar seriamente a reputação dos seus envios.

Uma alternativa para evitar problemas é usar algum dos serviços de validação de e-mails disponíveis no mercado. O funcionamento dessas ferramentas é muito simples: você faz o upload da sua lista de contatos antes do envio e ele verifica se todos os e-mails são válidos, ajudando assim na higienização do seu mailing.

Os validadores de e-mail procuram especialmente duas coisas: caracteres inválidos e domínios inexistentes. Algumas ferramentas, mais sofisticadas, cruzam os endereços com outros bancos de dados, garantindo um resultado ainda mais eficaz.

Porém, só o uso da ferramenta de validação de e-mail não garante o sucesso do seu envio. É importante verificar periodicamente a qualidade da sua lista e realizar a higienização sempre que necessário. Afinal, endereços de e-mail são criados e abandonados com uma velocidade impressionante.

– Atenção aos resultados

É fundamental acompanhar os resultados de cada envio. Além de ser importante conferir o retorno de seu investimento, também é fundamental ficar atento à métricas como e-mails devolvidos, inválidos e marcados como SPAM.

Dessa maneira você poderá impedir que sua reputação de envio seja prejudicada, tomando as devidas precauções em suas campanhas futuras.

Quer saber mais sobre e-mail marketing? Confira esse artigo com diversas informações que irão ajudá-lo a configurar suas campanhas!

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email