Site por assinatura

Consultoria SEO

compartilhe esse post

Você já estruturou o seu funil de vendas, mas não sabe como conduzir o seu lead do topo para o fundo do funil?

Para aumentar o número de conversões, além de compreender a mentalidade desse lead em cada etapa, é importante utilizar as ferramentas corretas para alimentar o funil de vendas.

É preciso fornecer as informações adequadas a cada etapa, acompanhando esse lead para que ele avance e se torne verdadeiramente um consumidor de seu negócio. E na prática, isso pode não ser tão simples quanto parece.

Por outro lado, já que o processo de compras dos consumidores mudou muito com as tecnologias, o marketing digital pode ser um grande aliado nesse processo, facilitando seu relacionamento com esse potencial cliente.

Pensando nisso, separamos 5 formas de alimentar o funil de vendas que você construiu utilizando as estratégias atualizadas e eficazes do meio digital. Confira!

Alimentar o funil de vendas com anúncios no Google

Quem trabalha com marketing digital, criação de sites e vendas sabe que o consumidor de hoje já não é desinformado como foi em outra época. As pessoas não dependem exclusivamente de comerciais em televisões ou panfletos nas ruas, não é mesmo?

São consumidores atentos, que fazem comparações em seus smartphones e tablets antes de tomar qualquer decisão de compra. Segundo o Business 2 Community, mais exatamente, 77% das pessoas que compram online, consultam avaliações e classificações para efetivarem o negócio.

Por essa razão, seu negócio precisa ser encontrado nas pesquisas online. Como o Google recebe mais de 40 mil pesquisas por segundo (Internet Live Stats), e um total de 100 bilhões de buscas por mês, segundo a Mashable, é importante que seu negócio seja visto por lá.

Por meio dos Anúncios Dinâmicos da Rede de Pesquisa (DSA) é possível criar campanhas no Google, escolher palavras-chaves e formar grupos de anúncios de forma quase automática, otimizando seu tempo e recurso financeiro.

Outra saída é recorrer aos anúncios no YouTube, nos formatos de In-Stream (vídeos) e TrueView (links), permitindo que seu potencial cliente entre em contato com o seu negócio enquanto assiste vídeos de assuntos relacionados.

Recorrer ao SEO

A visibilidade orgânica de sua marca é outra forma de fazê-la se mostrar confiável, relevante e também presente em todas as etapas do processo de compra.

Mais do que garantir compras por impulso, que podem gerar um churn rate alto, o objetivo é fidelizar clientes e fazê-los tornarem-se verdadeiros replicadores de seu negócio. São esses que irão avaliar positivamente a sua empresa nas redes sociais, gerando novos potenciais clientes.

Por isso, ainda que seu funil de vendas seja complexo, a estratégia de Search Engine Optimzation (SEO) permite que, por meio de palavras-chaves, seu negócio seja ainda mais facilmente encontrado durante as buscas.

Você deve aliar esse recurso também aos anúncios do Google e às suas estratégias de marketing de conteúdo (veja abaixo), otimizando cada vez mais os seus recursos e atingindo leads ainda mais qualificados.

Utilizar o e-mail marketing

O uso do e-mail marketing para alimentar o funil de vendas é também muito relevante. Assim que você compreende a mentalidade do potencial consumidor em cada etapa do funil, fica mais fácil produzir e enviar e-mails para conduzi-lo ao fundo do funil.

Essa estratégia pode ser usada para atrair, converter, gerar novas oportunidades (up selling e cross selling) e também encantar e fidelizar os clientes satisfeitos.

O mais importante aqui é estabelecer uma rotina de e-mails, com conteúdos relevantes, e que esteja direcionado para cada momento da jornada do cliente.

Os leads também podem ser direcionados para diferentes funis de e-mails, com conteúdos específicos de acordo com suas atitudes em relação à abertura ou clique em determinados botões de Call-to-action.

Investir em publicidade em redes sociais

Além de fazer com que seus potenciais clientes te conheçam e te vejam, as redes sociais são canais relevantes para manter o bom relacionamento com leads qualificados e clientes.

Para alimentar seu funil de vendas você pode divulgar seus posts criados pelo Marketing de Conteúdo para cada etapa do funil e investir em patrociná-los (publicidade paga). Ao patrocinar essas postagens, você alcança pessoas específicas a partir das ferramentas de segmentação fornecidas.

As publicidades em redes sociais, além de gerar tráfego para sua fanpage e para seu site (ou landing page), também fornecem métricas e um panorama de ROI (retorno sobre investimento) que auxiliam em novas estratégias.

As variadas opções de segmentação também permitem que você foque cada campanha para uma distinta persona, em cada etapa do funil, e possa conduzir esse lead até efetivar a compra.

Valorizar o Marketing de Conteúdo

E como você deve ter percebido ao longo do post, aliado a todas as estratégias acima, está o Marketing de Conteúdo.

Seja para alimentar suas redes sociais, seja para a formação de listas de e-mails pela criação de landing pages, ou ainda para o fornecimento de conteúdos interessantes para os e-mails, essa estratégia de Inbound Marketing é essencial para o Funil de Vendas.

Por meio dos conteúdos, você consegue educar seu potencial cliente e também sanar suas dúvidas, anseios e problemas, fornecendo seu negócio como solução e encaminhando esse lead pelo funil até o momento da decisão.

Para isso, você pode trabalhar com conteúdos distintos para cada etapa do funil, sendo eles posts em blogs, webinars, vídeos explicativos, e-books, infográficos ou outros.

É importante considerar o tipo de conteúdo de acordo com a situação que se almeja resolver e atendo-se às características da persona para quem se fala.

Gostou dessas dicas para alimentar seu Funil de Vendas? Aproveite para continuar se informando com esse post que traz as últimas atualizações sobre essa estratégia de inbound marketing.

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

compartilhe esse post

Artigos relacionados