O que o Google considera importante para rankear artigos de saúde

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Quem dera entender como rankear seus artigos sobre saúde tivesse uma resposta simples, clara e objetiva. Acontece que ninguém conhece ao certo os segredos por trás dos critérios de rankeamento do Google, especialmente porque os algoritmos mudam a todo instante. Quando se fala em SEO, há uma necessidade constante de acompanhar a evolução dentro do marketing digital. De qualquer modo, com algumas estratégias é possível levar seu site ao topo da primeira página do Google. Por isso preparamos algumas informações para você aprender “O que o Google considera importante para rankear artigos de saúde“.

 

Porém, na área da saúde os desafios vão além. O Google é ainda mais rigoroso nessa avaliação. Esse conteúdo entra na categoria de páginas YMYL, sigla para Your Money or Your Life –  que em português quer dizer “Seu Dinheiro ou Sua Vida”. Isso significa que esses sites podem influenciar na segurança, saúde, situação financeira e até mesmo felicidade dos leitores. Entende a responsabilidade de criar esse tipo de conteúdo? 

 

Pela sensibilidade das informações, o Google espera que os assuntos sejam confiáveis e seguros. Portanto, seu site deve se encaixar nos atributos E-A-T, abreviação para Expertise, Authoritativeness and Trust, que em português significa “Expertise, Autoridade e Credibilidade”. 

 

O que é E-A-T e por que é importante para rankear artigos de saúde?

 

Com esses critérios, o Google quer avaliar o nível de conhecimento da pessoa por trás do conteúdo do site, sua autoridade para falar sobre o assunto e o quanto ela é confiável. Entenda:

 

Expertise 

 

Para falar – especialmente redigir – sobre um assunto, é esperado que a pessoa seja um especialista e profundo conhecedor do tema. É isso que o buscador deseja com esse critério, assegurar que quem está por trás dos artigos seja, de fato, um expert. Para conseguir rankear seus artigos de saúde essas informações precisam estar no seu blog, o Google precisa entender que quem está redigindo entende sobre o assunto. 

 

Autoridade 

 

Não basta que a pessoa seja conhecedora e estudiosa do tema. Ela é uma autoridade para escrever no seu blog? Com o termo autoridade, o Google quer que todos os méritos, especialidades e experiências do redator estejam acessíveis de forma clara. O Google também considera autoridade quando seus artigos são citados em outros sites por especialistas da área. 

 

Credibilidade

 

E claro, não basta ser um expert e uma autoridade se seu conteúdo não for confiável. Por isso a credibilidade é um critério importante para o buscador. Como se trata de conteúdo sensível, seus leitores precisam sentir segurança no seu conteúdo. Você já vai entender mais sobre todos esses conceitos na prática logo abaixo.

 

Saiba como rankear artigos de saúde com 7 estratégias simples 

rankear artigos sobre saude

Segundo o Google, mais de 200 fatores são responsáveis pelo rankeamento de uma página. E embora alguns deles ainda sejam desconhecidos, os experts da área já conseguiram entender a grande maioria desses critérios. Aprenda sete estratégias para melhor rankear seus artigos sobre saúde:

 

1 – Capriche nas informações inseridas no site 

 

Uma das coisas que o Google considera importante para rankear artigos de saúde é o contéudo do seu site. E como o Google quer uma ficha completa de você e seus autores, capriche nesse aspecto. Deixe bem claro no site o que sua empresa faz, quem são os autores e profissionais que redigem os textos e quais suas formações e especialidades. Em cada texto publicado, coloque o nome do profissional responsável, com link para saber mais sobre aquela pessoa.

De acordo com os editores do portal Saudável&Forte, site especializado em saúde e bem-estar, essa estratégia do avatar utilizada por eles influencia bastante na construção de credibilidade do conteúdo. Ainda nesse critério, é importante criar um Sobre Nós bem completo e explicativo e disponibilizar uma forma fácil do leitor entrar em contato.

 

2 – Transmita confiança 

 

Essa dica te ajuda a construir sua credibilidade para melhor rankear seus artigos de saúde. Essa confiança pode ser transmitida com simples estratégias. A primeira delas é um site com um design bem construído, que seja claro e de fácil navegabilidade, especialmente que não enfrente problemas em carregar as páginas.

Também permita que seu leitor se aproxime de você deixando bem claro onde a empresa se localiza e como entrar em contato. Mas a melhor forma de construir uma relação confiável é permitir que seus clientes deixem avaliações – positivas, é claro – no seu blog. Um depoimento de um cliente satisfeito com uma cirurgia plástica, por exemplo, vai gerar mais confiança naquele que está buscando mais informações no Google. 

 

3 – Seja claro, mas trabalhe com profundidade

Ao redigir os textos é necessário pensar no seu público. A informação sempre deve chegar de forma simples e clara, mas nunca superficialmente. Vamos usar como exemplo um texto sobre câncer.

Pensando no usuário, você deve sim facilitar a compreensão sobre o tema, mas saiba que o uso de termos técnicos também passa mais credibilidade. Portanto, usar o termo “oncologia”, por exemplo, ao invés de falar apenas de câncer a todo momento, pode fazer o Google entender que você é de fato um expert no assunto. Por isso, incluir nomes técnicos entre as palavras-chave é uma estratégia. Esses pequenos detalhes formam a alma sobre o que o Google considera importante para rankear artigos de saúde.

 

4 – Planeje seu conteúdo e suas palavras-chave 

 

Criar conteúdo requer estudo e planejamento. Você precisa entender o que seu público está buscando dentro do seu nicho. E uma das chaves de sucesso de um bom posicionamento no buscador está em entregar aquilo que seus leitores querem saber.

Mas não basta entender que as pessoas querem aprender mais sobre “novas técnicas de cirurgia plástica” e escrever um texto básico só para ser encontrado, é preciso usar as palavras-chaves entregando informação de qualidade, gerando valor para o leitor e, quem sabe, ajudando a tomar uma decisão importante. 

 

5 – Seja referência

Se você quer rankear melhor não pode ignorar a estratégia de link building. Construa pontes e use os backlinks, outros sites que direcionam os usuários para sua página. Isso faz o Google entender que você é referência e tem autoridade para falar sobre o assunto.

Além de isso acontecer naturalmente quando você realmente entrega algo valioso, ainda é possível fechar parcerias com outros sites, ou seja, você publica seu conteúdo no blog de outra pessoa e em contrapartida usa o texto deles em seu site também. Outra forma de fazer backlink é através de publieditoriais, você paga portais para ter um link para seu site no conteúdo deles. 

 

6 – Nem sempre texto é a melhor forma de entregar conteúdo

 

Cada vez mais as pessoas têm menos tempo – e paciência – de ler um conteúdo extenso até o final. É claro que um bom artigo é extremamente valioso, mas nos dias de hoje os elementos visuais importam muito.

O conteúdo em vídeo tem ganhado cada vez mais força e é uma ótima forma de manter a pessoa no seu site por mais tempo, já que ela está assistindo sua produção.

Dessa forma o Google considera seu conteúdo relevante e valioso, afinal, as pessoas ainda estão ali, e comece a entregar para mais pessoas. Invista também em textos com imagens que conectem com seu público e desenvolva infográficos altamente informativos.

 

7 – Invista em SEO OffPage

 

Não é apenas com seu site que você deve se preocupar. Fatores externos também podem, indiretamente, influenciar nos resultados para melhor rankear seus artigos. O link building, já mencionado anteriormente, é uma estratégia de SEO OffPage. Além disso, também é importante marcar presença nas redes sociais.

É através delas que muitas pessoas estão consumindo conteúdo. E é também por lá que encontram informações confiáveis sobre determinados serviços. Portanto, esteja on nas principais redes e crie conteúdo que gere valor por lá também.

E não apenas no seu perfil, marque presença nas redes sociais de outras marcas deixando seu comentário por lá. Você também pode fazer isso em outros sites. Faça comentários inteligentes, revelando que você é conhecedor do ramo e que sua expertise pode ajudar outras pessoas a resolverem seus problemas. 

 

Considerações finais sobre “O que o Google considera importante para rankear artigos de saúde”.

Entregar conteúdo de valor na área da saúde é uma grande responsabilidade para profissionais do ramo, mas também uma excelente forma de fazer crescer seu blog. Uma pesquisa do Google publicada pelo Estadão revela que o Brasil lidera aumento das pesquisas por temas de saúde no buscador

 

Dados do artigo indicam que 26% dos brasileiros usam o “Dr. Google” como primeira fonte de informação, antes mesmo de buscar uma opinião médica em um consultório, quando estão doentes. Esse alto índice quase alcança o número de pessoas que recorre diretamente ao auxílio médico presencial: 35% da população. 

 

Ou seja, definir estratégias para ser visto nas primeiras páginas do Google é uma questão primordial para ser encontrado pela população sedenta por informação. E entregar conteúdo de alta qualidade, veracidade e confiança é também uma maneira de combater os sites que produzem sem responsabilidade, divulgando informações erradas ou imprecisas. 

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email