Como saber se o seu site precisa de um redesign

Projetar um site funcional não acontece durante a noite. É preciso tempo e energia (e, às vezes, muito dinheiro) para que seu site esteja funcionando.

Como qualquer outra tecnologia, a internet muda rapidamente. Os usuários utilizam vários dispositivos para visualizar sites. Para que seus usuários possam navegar bem através do seu site, você precisa atualizar e adaptar-se constantemente.

Além disso, os algoritmos do Google estão em constante mudança – a usabilidade do seu site afeta seus rankings de pesquisa do Google.

Em suma, você pode não saber que seu site precisa de uma revisão. É complicado acompanhar as constantes mudanças que ocorrem nos bastidores. Felizmente, há sinais de que seu site precisa de um restauro facial.

Aqui estão alguns dos sinais que o seu site precisa de redesign.

Alta taxa de rejeição

A análise do seu site mostra mais do que a forma como os usuários navegam pelo seu site. Elas também mostram se você deve ou não otimizar o design do seu site.

Uma das maiores análises que você deve observar é a sua taxa de rejeição. Abaixo está uma captura de tela de onde você pode encontrar isso no Google Analytics sob a Seção de Tráfego encontrada em “Aquisição”:

 

Sua taxa de rejeição é a taxa em que os usuários estão deixando seu site. O que faria com que um usuário deixasse um site? Alguns fatores incluem:

Páginas de carregamento lento

O Google promove conteúdo e páginas de alta qualidade para seus usuários. Seus algoritmos classificam páginas com tempos de carregamento mais rápidos do que aqueles que têm tempos de carregamento mais lentos. Um site mais rápido não é apenas uma boa prática de SEO, mas também afeta o modo como seus usuários navegam na sua página. Se um usuário encontrar um site mais lento, eles não ficarão presos.

Você pode verificar a velocidade do seu site com a ferramenta PageSpeed Insights, mostrada abaixo. Isso não significa necessariamente que seu site precisa de um redesenho total (algumas coisas só podem precisar de melhorias), mas isso pode ser um fator contribuinte.

Para obter mais dicas para um controle sobre a velocidade do seu site, confira a peça abrangente da Ann Smarty, “Tudo o que você precisa para dominar a velocidade do seu site sem ficar sobrecarregado”.

Erros técnicos

Observe que sua taxa de rejeição é repentina e super alta? Dê uma olhada em quanto tempo os usuários estão em sua página. Se eles estão apenas aderindo por alguns segundos, você pode ter um problema 404.

Dê uma olhada no seu site do ponto de vista dos visitantes (use navegadores diferentes, pois isso também pode ser o problema). Você também pode usar o Search Console do Google para verificar os erros de rastreamento.

Experiência do usuário pobre (UX)

Você já esteve em um site com tantos popups que não conseguiu encontrar o conteúdo atual? O Google pune esses tipos de sites e o usuário médio não ficará preso se não conseguir encontrar o conteúdo que está procurando.

Isso também contribui para a navegação difícil, fazendo com que a experiência do usuário diminua significativamente. Certifique-se de que o mapa do seu site é coerente e flui confortavelmente para o usuário médio.

Sites amigáveis para dispositivos móveis

Você já ouviu falar que cada vez mais usuários estão usando seus dispositivos móveis para acessar a Internet. Na verdade, quase 60% das pesquisas são realizadas em dispositivos móveis. Certifique-se de que os botões do seu site são fáceis de acessar por meio de um dispositivo móvel. Certifique-se de que suas páginas de destino estão acessíveis através de um telefone celular.

O Google tem uma excelente ferramenta gratuita que permite que você teste o quão bem o seu site responde em dispositivos como smartphones e tablets. Basta entrar na página de destino do seu site e deixar a ferramenta informá-lo sobre o desempenho de seus dispositivos móveis. A ferramenta procura em um nível de operação padrão (3G). Por exemplo, fizemos uma pesquisa de amostra do site do Google apenas para lhe dar uma idéia de como isso funciona.

A ferramenta mostra quantos segundos (ou o céu proíbe minutos) leva para carregar seu site em um dispositivo móvel. Também mostra a porcentagem estimada de perda de visitante que você experimenta devido ao seu tempo de carregamento. Você também tem a opção de abrir um relatório gratuito que mostra como você pode corrigir problemas que afetem o tempo de carregamento do celular.

Design da web desatualizado

Você já ouviu falar que, no momento em que você compra um novo computador, já está desatualizado? A Internet funciona exatamente da mesma maneira. Quando você atualiza seu site, já está depreciando.

Lembre-se dos sites dos anos 90? Botões intermitentes, tons de cinza e cores de néon e muitos gráficos? Embora muitos desses sites ainda estejam funcionando, eles não estão atraindo o usuário moderno para visitá-los. Por exemplo, veja www.ifindit.com.

As primeiras impressões significam tudo, e isso também é válido para sites. Você não só perde a credibilidade com um design web fraco, você perde os visitantes. Não atualizou seu site em um tempo? Aqui está um guia rápido sobre uma das tendências mais atualizadas no web design:

Design modular

A partir da simplicidade dos novos sites, o design modular está se tornando mais popular. O princípio básico por trás do design modular é usar um modelo único e flexível que possa ser adaptado a diferentes tipos de conteúdo, em vez de um modelo customizado, adaptado a cada tipo de conteúdo específico. É o design equivalente à tendência do conteúdo inteligente no marketing de conteúdo.

Embora o design modular nem sempre seja apropriado para 100% dos casos, em muitos deles é mais eficiente, menos recurso e é um design fácil para os usuários navegarem.

Aqui está um exemplo de um design de site modular pelo estúdio de design Waaark:

O para viagem

Pense no seu site como um negócio de tijolos e argamassa. Se as telhas estiverem caindo e suas janelas estiverem embarcadas, ninguém vai parar. Às vezes, é preciso um pouco de renovação para que as coisas voltem a acontecer. Quando você gastou tempo e dinheiro criando seu site, desistir do antigo e aceitar o novo é difícil.

As possibilidades são, você não está ciente de que seu site precisa ser consertado. Se o seu site precisar de uma atualização, os sinais estão bem na sua frente. Dê uma olhada na análise do seu site: existem problemas que podem ser melhorados? Adapte-se aos tempos de mudança e obtenha o seu site móvel amigável.

Sobretudo, não tenha medo de pensar fora da caixa e tente algo novo com o seu design web. A revisão de seu site pode parecer assustadora, mas dar-se um mergulho valerá o risco.

Conteúdo postado originalmente em: https://searchenginewatch.com/2017/07/26/how-to-tell-if-your-website-is-due-a-redesign/

Como saber se o seu site precisa de um redesign
Avalie esta página

O autor

Meu nome é Caio Nogueira, sou apaixonado por novas tecnologias e pelo desafio de criar soluções na internet que ajudem empresas e pessoas a aumentar as vendas, gerar leads e contar histórias. Além disso, também sou co-fundador da UpSites Digital, uma agencia de criação de sites em São Paulo especializada em desenvolver sites e lojas virtuais em Wordpress. Espero que tenha gostado da leitura!

compartilhe esse post